NORMAS PARA ARTIGOS

ESTRUTURA: 

O artigo deverá ser elaborado em, no mínimo, 10 (DEZ) e, no máximo, 15 (QUINZE) páginas/laudas.

 

O texto deverá ser elaborado em formato Word na versão 2010 ou superior, tamanho A-4, margens superior/esquerda 3,0 cm e inferior/direita 2,0 cm.

 

Deve ser empregada fonte TIMES NEW ROMAN, tamanho 12, justificado e espaçamento 1,5. As submissões devem ser enviadas no formato Word for Windows.

Deverá ser organizado contendo:

 

Título, Autores, Eixo temático, Resumo, Palavras chaves, Introdução, Desenvolvimento, Considerações finais e Referências. (VEJA ABAIXO)

2) Linguagem, Identidade, Sociedade

Coordenadores: 

Prof. Prof. Dr. Marcos Nepomuceno Duarte (UPM)

Prof.  Ms. Arnaldo Lorençato (UPM)

Ementa:

Em uma perspectiva interdisciplinar e complexa, objetiva-se contribuir para a reflexão sobre as relações entre as sociedades, suas linguagens e questões identitárias. Para isso, acolhe textos que enfatizem questões contemporâneas e que se configuram nas e pelas linguagens poéticas (verbais e não verbais) e midiáticas, constituindo outros enredamentos culturais, sociais e históricas.

Segue abaixo o detalhamento de cada tópico:

Título: centralizado, em negrito, maiúsculo, fonte 12, espaçamento simples.

Autores: abaixo do título segue o(s) autor, coautor(es), alinhado à esquerda com suas requeridas instituição(ões) de origem. Em nota de rodapé deve seguir um mini currículo e e-mail do(s) autor(es). A fonte de todo texto deve ser Times New Roman (espaçamento 1.5cm e alinhamento justificado) com exceção das citações diretas longas (espaçamento simples, fonte 11, e recuo de 4cm). 

Eixo temático: coloque o nome do eixo a que se destina o trabalho – nome do eixo temático que pertence o artigo.

Resumo: o resumo deve conter um pequeno texto com 10 a 20 linhas. Deve apresentar os objetivos e os argumentos teóricos metodológicos. (não seve ter parágrafo, espaçamento simples, fonte 12, alinhamento justificado). Seguido de palavras-chaves.

Palavras-chaves: até 05 palavras, separadas por vírgulas.

Introdução: apresentação do objeto de pesquisa, justificativa, os objetivos, a problematização, hipótese(s) e a metodologia), em negrito, fonte 12 a palavra introdução.

Desenvolvimento:  a fundamentação teórica do texto, deve conter o subtítulo do artigo (em negrito, fonte 12 - não usar a palavra "desenvolvimento") e ser numerada, caso haja mais de um tópico.

Obs.: Ao longo do trabalho poderá conter tabelas e/ou figuras. Inserir imagens e abaixo dela a fonte. Usar negrito para a palavra figura.  

 

Ex: Figura 1: Coca cola. Disponível em: XXXX. Acesso em: 02/02/2020.

É na fundamentação teórica (Desenvolvimento) que as citações ocorrem, por isso faça uso das regras da ABNT, para citação** de trabalhos acadêmicos.

Considerações finais: após um breve relato do texto, apresente ao leitor as questões relativas a problemática inicial, se as hipóteses foram ou não refutadas.

Referências: Ordem alfabética, espaçamento simples, alinhamento a esquerda, fonte 12. Negrito para o título da obra, ou para o capítulo utilizado.

 

Ex: MARCONDES, Helena. (Org.). Pediatria básica. 8. ed. São Paulo: Sarvier, 1992.

** CONSULTE ALGUNS EXEMPLOS PARA CITAÇÕES

Citação direta longa

 

Destacado do texto, insere-se o trecho (com mais de 3 linhas) a ser reproduzido, com recuso de 4 cm da margem esquerda, utilizando-se fonte menor e espaço simples,  como abaixo:  

 

 

Almeida Junior (2014, p.40), a este respeito, afirma:  

 

Do mesmo modo, Hegel também concede estágios para o desenvolvimento da humanidade baseados no desenvolvimento do espírito que se torna, aos poucos, autoconsciente: da infância à maturidade passamos de uma concepção mágica da existência para uma racional.  

 

 

Outro exemplo:  

Os impasses e as possibilidades neste início de século, como por exemplo [...] e em busca de encontrar respostas para os impasses organizacionais na contemporaneidade.  

No Brasil, ser bem sucedido como empreendedor não é tarefa fácil, mas aqueles que conseguem tornam-se referência pela ousadia, criatividade, inovação e persistência, que geralmente acompanham esses indivíduos diferenciados (DORNELAS, 2014, p. 09).  

Citação indireta  

Esse tipo de citação é praticamente um resumo do que diz o autor consultado. Insere-se no texto em construção e deverá estar acompanhado dos dados do sobrenome do autor e data. Exemplo:  

 

E assim [...] parece assemelhar-se a um cenário de sonho como sugere Freud (1900/1969b, 1900/1969c) em sua Interpretação de Sonhos, e como tal pode ser entendido como materialização de conteúdos presentes no inconsciente pessoal que atestam a existência de objetos mentais como: desejo, frustração, perda, dor e desespero, imaginação e loucura.   

 

Ou ainda, com indicação da fonte no final do trecho:  

 

[...] os pais constituem para a criança pequena a autoridade única e a fonte de todos os conhecimentos. O desejo mais intenso e mais importante da criança nesses primeiros anos é igualar-se aos pais (isto é, ao progenitor do mesmo sexo), e ser grande como seu pai e sua mãe. (FREUD, 1909/1969a, p. 243).  

   

Citação da citação  

 

Sempre que não se tem acesso direto a uma obra pode-se fazer uso de textos de autores que nos oferecem conteúdos de outros por meio deste recurso que é a citação da citação. Neste caso, é necessário citar o autor do pensamento central, assim como o autor que o apresenta, com indicação de datas. Quando couber, também deve ser mencionada a página do trecho na fonte referida e usar fonte menor e espaço simples, se adequado a trecho maior que 3 linhas. O fator indireto de consulta de fontes pode ser inserido por meio do termo latim “apud” ou “citado por”. Exemplo:  

 

Vieira (2003, p. 297) faz menção à Santaella (1992, p.144) que cita o pensamento de Prigogine, como segue: [...] Ora, o que Prigogine chama de tempo, Peirce chamava de semiose (ação do signo). Aliás, o tempo não é outra coisa senão o desenrolar-se da semiose, processo autogerativo de signos, signos gerando signos e sendo gerados de signos [...].  

 

Outro exemplo é quando o trecho é menor de 3 linhas: insere-se o texto com aspas e indica-se autor principal, data, página (se tiver a informação) seguido do termo “apud” e identificação de sobrenome do autor que menciona a fonte, data e página.   

 

Segundo Cañada (2006 apud LOPES, 2012, p. 39) as etiquetagens sociais das mensagens na internet podem ser identificadas em quatro estilos classificados segundo o “benefício social ao grande grupo de usuários e a motivação que leva o usuário a etiquetar” [...]  

logo.png

22 a 24 SETEMBRO DE 2021

Local: R. Piauí, 143 - Higienópolis, São Paulo | CEP:  01239-000rasil

  • Instagram
  • Facebook
  • YouTube
  • Twitter