EIXOS TEMÁTICOS

1) Cartografias do contemporâneo: múltiplas expressões 

Coordenadores: 

Prof. Dr. Marcos Rizolli (UPM)

Prof. Dr. Patrício Dugnani (UPM)

 

Ementa:

Assim como sugere o presente tema gerador do congresso, o eixo temático pretende despertar reflexões - teóricas e experienciais - que bem possam configurar possíveis cartografias das expressões contemporâneas, notadamente aquelas determinantes para a elaboração de conhecimento crítico-criativo nos campos das Artes e das Comunicações.

Compreendendo que em nossa cotidianidade - da Pós-Modernidade, da Hipermodernidade ou da Modernidade Tardia - distintas formas de produção de linguagem e de sentido, em tempo real, ocorrem em diferentes meios e em diversificados suportes, torna-se fundamental verificar como essas múltiplas expressões, mediadoras da sensibilidade humana, se organizam em territórios ou mapas. Bem assim: em Cartografias do Contemporâneo.

2) Linguagem, Identidade, Sociedade

Coordenadores: 

Prof. Prof. Dr. Marcos Nepomuceno Duarte (UPM)

Prof.  Ms. Arnaldo Lorençato (UPM)

Ementa:

Em uma perspectiva interdisciplinar e complexa, objetiva-se contribuir para a reflexão sobre as relações entre as sociedades, suas linguagens e questões identitárias. Para isso, acolhe textos que enfatizem questões contemporâneas e que se configuram nas e pelas linguagens poéticas (verbais e não verbais) e midiáticas, constituindo outros enredamentos culturais, sociais e históricas.

2) Linguagem, Identidade, Sociedade

Coordenadores: 

Prof. Prof. Dr. Marcos Nepomuceno Duarte (UPM)

Prof.  Ms. Arnaldo Lorençato (UPM)

Ementa:

Em uma perspectiva interdisciplinar e complexa, objetiva-se contribuir para a reflexão sobre as relações entre as sociedades, suas linguagens e questões identitárias. Para isso, acolhe textos que enfatizem questões contemporâneas e que se configurem nas e pelas linguagens poéticas (verbais e não verbais) e midiáticas, constituindo outros enredamentos culturais, sociais e históricas.

3) Cartografia das mídias: novos contextos, novos desafios

Coordenadores:

Prof. Dr. Carlos Eduardo Sandano Santos (UPM)

Prof. Dr. José Maurício Conrado Moreira da Silva (UPM)

 

Ementa:

Reflexão sobre os problemas que as práticas comunicacionais contemporâneas trazem para o seu campo de estudo, desafiando bases teóricas e metodologias estabelecidas, impondo novos problemas (das fake news às apropriações discursivas) e recontextualizando as práticas profissionais a ela associadas. A proposta é de um debate sobre as ferramentas hoje disponíveis para análises críticas vis à vis a sua capacidade de oferecer respostas às demandas da sociedade.

4) Educação, Arte e História da Cultura

 Coordenadores:

Profa. Dra. Rosana Maria Pires Barbato Schwatz (UPM)

Profa. Dra. Marili Moreira da Silva Vieira (UPM)

Ementa:

O eixo, acolhe temas relacionados ao ensino-aprendizagem, currículo, formação de professores, dentre outros assuntos inseridos em contextos educacionais diversos. Engloba pesquisas que preconizam saberes vinculados com a história da educação e história cultural, entendendo que a cultura é parte essencial da vida social. Por isso, assuntos que tangenciam as narrativas que envolvem a arte-educação e que propagam conhecimentos em diferentes meios de divulgação: exposições, curadorias, materiais didáticos e apresentações musicais, teatrais, cinematográficas e audiovisuais, poderão ser inscritos.

5) Linguagens e Tecnologias

Coordenadores:

Prof. Ms. Manoel Roberto Nascimento de Lima  (UPM)

Prof. Dr. Eduardo Hofling Milani (Pesquisador do CLISEM)

 

Ementa:

A proposta do GT versa sobre as novas linguagens e os seus discursos na contemporaneidade. Trata ainda das questões da imagem e fotografia como linguagem. Sua força de persuasão e sua função social e de comunicação.  As práticas discursivas mediadas pelas tecnologias. 

6) Artemídia aderente: redes de conexões Mackenzie (150 anos) e UNESP

Coordenadores:

Prof. Dr.Pelopidas Cypriano de Oliveira (UNESP)

Profa. Glaucia Eneida Davino (UNESP)

Profa. Dra. Isabel Orestes Silveira (UPM)

 

Ementa:

Estabelece um diálogo interinstitucional - Mackenzie/UNESP, pela aproximação de dois grupos de pesquisas cadastrados no CNPq, a saber: Linguagem, Sociedade, Identidade: estudos sobre as mídias (UPM) e, com o Grupo InCognITA: Inovações em Cognição, Informação, Tecnologia, Aprendizagem (UNESP). Pelas interações entre os grupos, pretende-se ampliar a rede de pesquisa ao se conhecer as ações, as produções, as metodologias, os pressupostos teóricos dos diferentes pesquisadores, os quais proporcionam o fortalecimento conceitual de suas respectivas produções. Além disso, interessa investigar aspectos relacionados à representação e à visualidade que se fazem presentes nos processos criativos gestados pelos pesquisadores que tem como foco a artemidia.

7) Barroco e mestiçagem: fora das lógicas binárias

Coordenadores:

Prof. Dr. Amálio Pinheiro (PUC/SP)

Prof. Ms. Edson Elidio (UPM)

 

Ementa:

Problematiza as categorias de identidade, multiculturalismo e tolerância como sendo insuficientes ou inadequadas para se afirmar a relação democrática entre os povos na atualidade. Intenta refletir a mestiçagem para além dos conceitos estereotipados e propõe repensar as mestiçagens das representações, de códigos, de práticas, de gostos e de crenças.

8) Cartografias contemporâneas: o feminino em questão 

Coordenadoras:

Profa. Dra. Mirtes de Moraes (UPM)

Mestranda Débora Setton (UPM)

 

Ementa:

A proposta do GT se insere em apresentar e integrar um diálogo entre as comunicações que abordem a presença feminina nas cartografias contemporâneas, envolvendo o processo de luta cujos corpos são marcados por gênero e racialidades para a conquista de direitos. A história das mulheres é uma narrativa de resistências. Uma luta que passa pela reivindicação de cidadania, pela luta de direito ao voto, pela luta de direito ao seu próprio corpo contra qualquer tipo de violência. Sendo assim, este GT convida pesquisadoras e pesquisadores a contribuir e ampliar reflexões sobre os corpos femininos, cujos marcadores acarretam a interseccionalidade de opressões e silenciamentos

9) Experiência Lúdica e Caminhos Criativos – observação, registro e construção de modelos na Comunicação, Artes e Educação

Coordenadores:

Profa. Dra. Cleusa Kazue Sakamoto (ANPEPP) 

Doutoranda Polyana Zappa (UPM)

 

Ementa:

A criatividade modela os processos que estão subjacentes à história humana e estabelece a construção de exemplos modelares nas mais diversas áreas do conhecimento, da arte, da comunicação e da vida social. A experiência lúdica pode ser entendida como uma espécie de elemento chave dos processos criativos e pode ser um agente facilitador de caminhos percorridos pela criação contemporânea. Por intermédio da observação da experiência, seus registros, intuições e uma arquitetura de modelos, novas identidades, linguagens e coletividades constroem possibilidades inovadoras em suas cartografias expressivas que enriquecem o olhar e o viver humano. 

10Cartografia das Letras: línguas, literaturas, educação e sociedade
Coordenadores:                

Profa. Dra. Maria Lucia M. Carvalho Vasconcelos (UPM) 

Profa. Dra. Regina Pires de Brito (UPM)

 

Ementa:

De caráter interdisciplinar, o presente GT pretende reunir pesquisas, desenvolvidas no âmbito das Letras, que discutam os traços fundamentais de textos e discursos em diferentes campos. As características socioculturais de produção dos discursos linguísticos e literários se abrem para  discursos vários, como o pedagógico, o jornalístico, o religioso, o publicitário, o midiático, dentre outros -, dando ênfase à necessidade de que a mensagem  considere os múltiplos contextos em que se opere o fenômeno comunicativo.

11Processos de criação em rede
Coordenadores:                

Profa. Dra. Cecília Almeida Salles  (PUC/SP) 

Profa. Dra. Isabel Orestes Silveira (UPM)

 

Ementa:

Acolhe-se trabalhos que buscam discutir conceitos relevantes, como: dinamicidade, inacabamento, tendências, acasos etc. O processo criativo é caracterizado como não linear e alimentado pela lógica das inferências; essa perspectiva se contrapõe à ideia de que a criação seria um processo sem história, sem um percurso que pudesse revelar o labor do autor. 

O conceito de rede torna-se um novo paradigma ligado a um pensamento de relações no âmbito da complexidade, isto significa que a manifestação do processo criativo se reconhece pela interação. 

12Cartografias do sagrado na era tecnológica
Coordenadores:                

Prof. Dr. Carlos Eduardo Souza Aguiar (FAPCOM)

Mestranda Tamires Raiane Conceição dos Santos (UPM)

 

Ementa:

A proposta do GT visa agregar investigações e reflexões sobre as mediações tecnológicas presentes na esfera do religioso, marcado atualmente pela consolidação das redes sociais digitais e arquiteturas informáticas. Essas mediações não só transformam a experiência do sagrado, como também impactam em aspectos fundamentais da sociedade contemporânea, notadamente a esfera pública e a arena política. A partir desse intercruzamento entre tecnologias, comunicação e campo religioso e de uma abordagem necessariamente transdisciplinar e pluri-metodológica é possível investigar e discutir a crise de certos valores modernos que marcam nossa época, como as ideias de desencantamento, secularização e laicidade.

Consultar normas para submissão

logo.png

22 a 24 SETEMBRO DE 2021

Local: R. Piauí, 143 - Higienópolis, São Paulo  | CEP:  01239-000rasil

  • Instagram
  • Facebook
  • YouTube
  • Twitter